Igreja Universal condenada a devolver R$ 74 mil doados por fiel após pressão de pastor


A Igreja Universal do Reino de Deus terá de devolver R$ 74.341,40 a uma fiel  
Na época da doação, a mulher estava em processo de divórcio.   
 - Por Ana Pompeu, do Correio Braziliense - 
A quantia foi doada por Lindalva da Conceição Silva à instituição, entre dezembro de 2003 e janeiro de 2004. Seis anos depois, ela se arrependeu e optou por pedir a anulação do gesto, além da restituição do valor na Justiça.
A decisão favorável saiu em 30 de janeiro, quando o recurso da instituição acabou negado em segunda instância. Caso a Universal queira recorrer novamente, deverá fazê-lo em cortes superiores.
Fachada da Universal da 213 Sul: instituição condenada por comprometer o sustento de uma fiel. 
Foto: Carlos Silva/CB-DA Press.
Lindalva frequentava a igreja e pagava os dízimos em dia, pelo que consta no processo. Em 2003, ela e o marido se divorciaram. De acordo com os testemunhos, ao enfrentar os trâmites de separação judicial, ela ficou atordoada e fragilizada. A fiel alegou, na Justiça, que o pastor passou a pressioná-la para que doasse toda a quantia que havia recebido em decorrência da separação de bens.

Comentários